Loading...
Menu

O ‘Noite dos Museus’, evento consolidado na capital gaúcha, se inicia com diversos shows, entre eles a apresentação das Batucas, na Praça da Alfândega, às 19h15. No repertório desta apresentação, a diversidade da música brasileira, em ritmos como ijexá, coco, baião, samba e marchinhas de carnaval. No palco, além dos instrumentos tradicionais (surdos, caixas, repiques, chocalhos, tamborins, agogôs e triângulos) o grupo está inovando em sua orquestra de sucatas, projeto que inclui instrumentos criados a partir de sucatas como latas, tonéis, frigideiras, tampas de panelas, chocalhos artesanais, porta-cds e outras ‘invenções’ que vem sendo usadas nas apresentações. O que começou como um aprendizado de bateria e percussão, evoluiu para um grupo mais amplo que já se apresentou em inúmeros palcos e projetos da cidade, como o Ocidente, os carnavais no Vila Flores, na casa de shows Gota D´Água, em projetos sociais, e ainda nas participações em projetos na rua, em festivais e eventos especiais. Idealizada por Biba Meira e regida por ela e por sua filha, a musicista Júlia Pianta, As Batucas é composta por mulheres de 14 a 80 anos. Mais recentemente criou o seu próprio grupo vocal, regido por Gabriela Lery, que participa de algumas apresentações.

Uma das mais representativas bandas da nova cena musical do Rio Grande do Sul, a Samba e Amor é resultado da paixão de seus integrantes pela música brasileira. Ao longo de cinco anos de trajetória, o grupo realizou mais de 500 apresentações e passou por importantes eventos do estado, como o Planeta Atlântida 2017, o maior festival da região. Também, tem realizado regularmente temporadas na cidade do Rio de Janeiro, passando por casas e eventos como o Beco das Garrafas, Rio Scenarium, Carioca da Gema e o Festival Rio na Rua (Itaipava).

Um dos destaques da nova cena musical, a Gelpi busca sua sonoridade entre estilos musicais como o folk, o indie, o rock e o blues. Com 4 anos de existêncua e formada por Bolívar Gelpi (voz e violão), Pedro Gelpi (voz e guitarra), Laura Gelpi (voz e teclado), Lucas Varisco (voz e guitarra), Erik Feller (baixo), Fernando Pellegrini (bateria) e Bernardo Waschburguer (teclados) a Gelpi venceu, em 2017, a versão brasileira do concurso EDP Live Bands, que contou com 1.600 grupos inscritos do país inteiro. O primeiro lugar no concurso rendeu à Gelpi a participação no festival NOS Alive, em Lisboa, dividindo palco com bandas como Cage the Elephant e Royal Blood, e a produção de um CD, que será lançado pela Sony Music em Dezembro de 2018, que contou com a produção musical de Paul Ralphes, conceituado produtor de nomes como Kid Abelha e Skank.

Localização

Onde: Centro Histórico de Porto Alegre

Mapa: goo.gl/maps/p66PzW2hq9FjX4zAA

Antiga Praça Senador Florêncio, é um espaço público, histórico e turístico situada no Centro Histórico da cidade. A praça é cercada por importantes edificações, algumas delas igualmente históricas e antigas, tais como o Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli (MARGS), o Memorial do Rio Grande do Sul, o Santander Cultural e o Clube do Comércio de Porto Alegre.
Também na Praça da Alfândega ocorre, tradicionalmente todos os anos desde 1955, a Feira do Livro de Porto Alegre, atraindo milhares de visitantes não só pela vasta oferta de livros, como também pelos espetáculos de música, teatro e dança.

QUE RUFEM OS TAMBORES

se as últimas noites foram incríveis, imaginem essa!