A Virada POA terá shows, debates e instalações artísticas

 

Um dos maiores festivais de sustentabilidade do país, a Virada Sustentável 2021 retorna a Porto Alegre neste sábado (6/11) com debates, shows, oficinas e instalações artísticas de forma híbrida – com atrações online e presenciais, respeitando os protocolos de saúde. O evento envolve a participação de organizações da sociedade civil, artistas, órgãos públicos, empresas, escolas e universidades, coletivos de cultura e movimentos sociais.

A cerimônia de abertura oficial será na sexta-feira (5/11), às 10h, na Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ), com participação restrita a convidados. Haverá um painel sobre a nova Lei de Incentivo à Reciclagem, seguindo a principal temática deste ano – que é “cidades sustentáveis” –, abrangendo a valorização de espaços naturais e outros temas como o reconhecimento de todos os grupos étnicos que vivem em Porto Alegre.

Também na sexta-feira será inaugurada a exposição Natureza Plástica, do artista Eduardo Srur, com curadoria de Fernando Zugno, na Galeria Sotero Cosme do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (MACRS), na CCMQ, que seguirá aberta ao público até o dia 21 de novembro, data de encerramento da Virada Sustentável 2021. A série de obras é composta unicamente de sacolas plásticas recolhidas nas margens dos rios, ruas e cooperativas de reciclagem. Pincéis e tintas foram substituídos por uma técnica inédita, que utiliza somente fragmentos plásticos, sem o uso de cola, tinta ou qualquer outro material para compor os trabalhos inspirados em pinturas famosas da história da arte.

Além dos quadros, a exposição apresenta uma peça audiovisual que mostra a técnica utilizada, bem como as considerações sobre o correto destino dos resíduos plásticos, trazendo à tona o debate sobre a responsabilidade da sociedade para com o tema – uma das principais reflexões trazidas por Eduardo Srur.

Toda a programação da Virada Sustentável Porto Alegre 2021, gratuita e concebida para diferentes públicos, está pautada pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela ONU – principalmente os objetivos Fome Zero e Agricultura Sustentável, Redução das Desigualdades, Cidades e Comunidades Sustentáveis e Consumo e Produção Responsáveis.

Estão previstas atividades como uma exposição fotográfica As Praias de Porto Alegre, que estará na Galeria Escadaria, do viaduto da avenida Borges de Medeiros, oficinas sobre sustentabilidade, feira Brick de Desapegos e shows no Centro Cultural Vila Flores, no 4º Distrito – além do espetáculo Uma Noite Iluminada, com performances artísticas e de música instrumental e projeção de imagens na Ponte dos Açorianos, com a temática das etnias que convivem na cidade.

A Virada POA também realiza em 2021 o projeto Arte Urbana na Virada Sustentável. Dentro da programação, o evento recebe ainda o Música para Todos – 4ª Edição, com concertos de orquestras educativas no Parque da Redenção.

Em formato diferente dos anos anteriores, o fórum da Virada POA se torna uma série de depoimentos de especialistas, que abordam temas que envolvem ESG (“ambiental, social e governança”, em português) nas corporações e suas aplicações em nossas vidas, por até 18 minutos, no formato TED, chamado Conversas Sustentáveis. Com produção audiovisual sob comando do cineasta Leo Brant, convidados renomados, divididos em grupos de três palestrantes, participam de encontros de conhecimento.

Os palestrantes são Valerya Borges, que abordará sobre ESG e oportunidades sociais; Geraldo Rufino, que falará sobre oportunidades sociais da reciclagem; Carlo Pereira, cujo tema serão os ODS; Amanda Costa, com temática sobre ativismo jovem e justiça social; Fabiana Quiroga, falando sobre economia circular; e Jorge Soto, que tratará sobre mercado de carbono.

Os conteúdos serão veiculados aos domingos, nos dias 14 e 21 de novembro, no YouTube e nas redes da Virada POA e na grade de programação da TVE, transmitidos para todo o Estado.

 

Montagem de instalações durante a Virada Sustentável 2020 em Porto Alegre. Foto: Divulgação

 

Confira as principais atrações

  • Cinco lives da Virada – Transmissões por lives de diversas iniciativas socioambientais selecionadas por meio do edital do evento, que acontecerão nos canais da Virada entre os dias 6 e 21 de novembro.
  • Painéis de conteúdo – Nos três finais de semana a Virada Sustentável terá programação na TVE e no YouTube. No primeiro final de semana, serão dois painéis de conteúdo – um sobre a Lei de Incentivo à Reciclagem e outro sobre os impactos e efeitos esperados pela tecnologia 5G, tema do painel Cidades Inteligentes e Sustentáveis.
  • Exposição Natureza PlásticaO artista Eduardo Srur, com curadoria de Fernando Zugno, estará com sua série de obras produzidas com sacolas plásticas na Galeria Sotero Cosme, do MACRS, na Casa de Cultura Mario Quintana. De 6 a 21 de novembro, das 10h às 18h.
  • Exposição fotográfica As Praias de Porto AlegreA Galeria Escadaria, localizada no viaduto da avenida Borges de Medeiros, receberá a exposição As Praias de Porto Alegre durante toda a Virada Sustentável. A mostra traz imagens inéditas dos belos cenários que os 72 quilômetros da orla oferecem, mas a população pouco conhece. Os participantes foram escolhidos por meio de edital, com curadoria de Marcos Monteiro e seleção de fotos realizada pelo Foto Clube Porto Alegre. De 6 a 21 de novembro.
  • Festival de artes e sustentabilidade no Vila Flores – Shows de música instrumental, jazz, feira de consumo consciente com o Brick de Desapegos, oficinas culturais e socioambientais, selecionadas a partir do edital do evento. Dias 6 e 7 de novembro.
  • Passeio às praias de Porto Alegre – Para complementar a exposição fotográfica As Praias de Porto Alegre, que estará na Galeria Escadaria do viaduto da Av. Borges de Medeiros, a Virada terá um passeio de barco com 10 crianças do Gurizada Aí, iniciativa do projeto Misturaí. O veleiro percorrerá o Guaíba para que as crianças observem a cidade a partir da água. Dia 8 de novembro.
  • Uma Noite Iluminada no Largo dos Açorianos: Luzes cênicas com performances artísticas e de música instrumental, incluindo uma projeção audiovisual na Ponte dos Açorianos a partir da temática da diversidade das etnias que formaram Porto Alegre. Dias 12 e 13 de novembro.
  • Conversas Sustentáveis, na TVE e FM Cultura – Série de depoimentos de especialistas em formato sintético sobre os temas que envolvem ativismo jovem e justiça social, ODS, economia circular, oportunidades sociais da reciclagem e mercado de carbono. Dias 14 e 21 de novembro.
  • Quinta edição da Semente – Mostra Infantil de Cinema e Sustentabilidade – 18 curtas-metragens representando os melhores filmes brasileiros dirigidos ao público infantil com abordagens relevantes sobre a sustentabilidade serão lançados em plataforma online a partir do dia 15. Também acontecerão seminários com educadores e estudantes, além de duas sessões de cinema ao ar livre.
  • Encontro das cozinhas comunitárias de Porto Alegre – Reunião de diversas cozinhas comunitárias que atuam no combate à fome na cidade, distribuindo alimento de graça à população vulnerável, além de minicurso com Regina Tchelly, do Favela Orgânica, de aproveitamento de alimentos, chamado Aproveitando Até o Talo. Dia 20 de novembro.
  • Pedal da Virada – Um passeio ciclístico pela causa da sustentabilidade, partindo do Parque da Redenção, que incentiva a mobilidade sustentável nas cidades, temática da exposição de Andy Singer que estará no mesmo local. Dia 21 de novembro, com saída às 16h e chegada às 17h.
  • Exposição do cartunista Andy Singer – O Parque da Redenção recebe a mostra Sem Saída, do cartunista norte-americano Andy Singer, que traz a Porto Alegre pela primeira vez uma série de cartuns retratando contextos sobre mobilidade urbana sustentável, como a conflituosa relação carros versus bicicletas. Dia 21 de novembro.
  • Festival de Orquestras Jovens – Música para Todos – 4ª Edição – Apresentações da Orquestra Jovem do RS, Orquestra do Projeto Projari e Orquestra Villa-Lobos, convidadas para encerrar o evento em 2021, no Parque da Redenção. Dia 21 de novembro.

 

Orquestra Jovem RS. Foto: Diogo Severo/Divulgação