Casa de Cultura Mario Quintana anuncia retomada das atividades presenciais

Jardim Lutzenberger. Foto: André Furtado/Divulgação

A Casa de Cultura Mario Quintana, no Centro Histórico de Porto Alegre, reabre para visitação no dia 19 de novembro. Os procedimentos a serem adotados seguem os protocolos sanitários de contenção da pandemia, para garantir a segurança do público, artistas e servidores.

O uso de máscara será obrigatório em todos os locais e haverá controle de acesso, observando a ocupação máxima de 25% da capacidade do espaço. Os visitantes terão a temperatura verificada por termômetro digital na entrada – com restrição de acesso a pessoas com temperatura acima de 37,5 graus – e haverá dispensers de álcool em gel 70%, em vários pontos da CCMQ, para higienização das mãos.

O horário de funcionamento será reduzido, das 11h às 17h, de terças a domingos. Os elevadores terão uso restrito, o contingente de servidores de limpeza será aumentado e os visitantes serão alertados para manter o distanciamento de dois metros entre si. “Para podermos devolver ao público o espaço de convívio na Casa de Cultura, precisamos ser rigorosos nas medidas de segurança, pois temos que zelar pela vida e pela saúde dos visitantes e de toda nossa equipe”, ressalta Diego Groisman, diretor da instituição.

Groisman observa ainda que há forte desejo dos frequentadores pela reabertura do espaço e ressalta a importância da fruição das atividades e ambientes da Casa de Cultura pelo público. O diretor da CCMQ explica que, nesta primeira etapa, até o final de 2020, estarão disponíveis ao público as bibliotecas Erico Verissimo e Lucília Minssen, a Discoteca Natho Henn, o Jardim Lutzenberger, as salas expositivas – incluindo galerias do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (MACRS) –, o Quarto do Poeta e o Acervo Elis Regina. A reabertura das salas de cinema e dos teatros vai acontecer em uma segunda etapa da retomada de atividades, ainda sem previsão de data.

 

Acervo Elis Regina. Foto: Kevin Nicolai/Divulgação

 

Atrações na reabertura

Nos dia 19 e 20, a Travessa dos Cataventos recebe a instalação Eu Era Outra Selva” A Intervenção urbana de Felipe Morozini – que faz parte da Virada Sustentável 2020 – utiliza 150 guarda-sóis estampados com vegetação e um inflável gigante no formato de um lobo-guará para levar o público a refletir sobre a floresta que deixaremos para as futuras gerações. “Um momento em que a cidade experimentará a sensação de estar submersa numa floresta da Mata Atlântica”, detalha Morozini.

Também a partir da reabertura da Casa de Cultura, o público vai poder conferir a exposição Mulheres nos Acervos do MACRS, fruto de pesquisa colaborativa das pesquisadoras de história da arte Cristina Barros, Marina Roncatto, Mel Ferrari e Nina Sanmartin. A proposta das curadoras chega ao acervo do MAC após, em 2019, ter destacado a presença da produção de artistas mulheres nas coleções públicas da Pinacoteca Aldo Locatelli, da Pinacoteca Ruben Berta e do Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS).

 

Outras novidades

O público também vai poder conferir a obra Auditório, de Regina Silveira, recentemente instalada no hall do Teatro Bruno Kiefer, em substituição ao painel da artista, acidentalmente extraviado durante reforma ocorrida em 2016. Empenhado pessoalmente na recuperação da obra, o diretor da Casa de Cultura salienta a relevância do episódio: “Serve de alerta para que se reverbere a consciência sobre a importância da preservação do patrimônio cultural”.

A Casa de Cultura está passando por adequações ao Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI), com novas instalações elétricas e hidráulicas, fazendo com que tanto o público quanto o patrimônio cultural estejam mais bem resguardados. Outra importante mudança é a instalação da Livraria Taverna, que até o final do ano inaugura loja na esquina da Travessa dos Cataventos com a Rua dos Andradas. A nova parceria comercial chega comprometida com uma agenda de eventos voltados à literatura e à formação de público leitor.

 

Memorial Theodor Wiederspahn. Foto: Kevin Nicolai/Divulgação

 

Reabertura da visitação à CCMQ

Quando: a partir de 19 de novembro

Horário: das 11h às 17h (de terças a domingos)

 

Virada Sustentável 2020? instalação Eu Era Outra Selva

Quando: 19 e 20 de novembro

Onde: Travessa dos Cataventos