Farol Santander Porto Alegre mostra as apropriações artísticas de Frantz

 

O Farol Santander Porto Alegre está exibindo até 31 de outubro a exposição Transversalidade, com 22 obras de Frantz nunca antes exibidas. A mostra inédita tem curadoria de André Severo, coordenador geral do centro cultural, e explora diferentes linguagens artísticas que se encontram no processo criativo e investigativo do artista visual em relação à pintura.

Em Transversalidade, Frantz se apropria de pinturas, fotografias, páginas de livros e catálogos de arte para criar uma mostra densa e instigante, capaz de acionar as capacidades perceptivas, imaginativas e reflexivas do espectador ao tornar híbridas as categorias da pintura e da fotografia.

Variando entre registro pictórico, apropriação e colagens, as obras apresentadas pelo artista nessa mostra subvertem as maneiras mais usuais em relação a como a fotografia é geralmente incorporada por pintores contemporâneos, construindo pontes entre a materialidade da pintura, a virtualidade das fotos e os significados contidos – ou escondidos – na imagem.

Exposição “Transversalidade”. Foto: Eduardo Aigner/Divulgação

 

A parceria involuntária de outros artistas para realização do trabalho de Frantz é, sem dúvida, uma das características marcantes e curiosas de seu percurso. Natural de Rio Pardo (RS), o artista forra paredes e pisos de outros ateliês e estúdios por um longo período de tempo. A partir das dinâmicas de trabalho desses outros artistas e da ação natural do tempo sobre os ambientes, Frantz se apropria das imagens formadas por pingos de tintas, pisadas de sapatos, líquidos, pós e inúmeros outros elementos que vão sendo depositados ao longo de anos sobre essas lonas. Após esse processo, a lona é retirada e Frantz inicia o recorte que dará origem às suas obras – que, provenientes de distintos endereços, questionam a noção de autoria.

Farol Santander Porto Alegre/Divulgação

 

Frantz vem se dedicando às artes visuais desde os anos 1980, conquistando diversos prêmios na área, como o Prêmio Açorianos de Artes Plásticas, o 9º Salão Nacional de Artes Plásticas Palácio da Cultura Funarte Rio de Janeiro – com sua obra itinerando por vários museus do país – e o 42º Salão Paranaense Museu de Arte Contemporânea Curitiba.

O artista possui obras em acervos das principais instituições do Estado, como a Fundação Vera Chaves Barcellos, o Museu de Arte do Rio Grande do Sul e o Museu de Arte Contemporânea do RS, entre outros.

Exposição “Transversalidade”. Foto: Eduardo Aigner/Divulgação

 

Serviço

Farol Santander Porto Alegre – Exposição Transversalidade
Horários: 10h às 19h (terça a domingo)
Capacidade momentânea: 50% do público. A capacidade total de público se restringe a no máximo cem visitantes por hora.

Ingressos: R$ 15 (visitação completa ao Farol Santander)
Vendas: plataforma Sympla
Crianças de até 2 anos e 11 meses não pagam ingresso. A partir dos 3 anos, pagam meia entrada e, a partir dos 12 anos, é necessária a apresentação de RG e carteirinha de estudante para o pagamento da meia.
Classificação: Livre
Acessibilidade: Rua Cassiano Nascimento – acesso lateral / toaletes e elevadores adaptados, rampas de acesso.

 

Farol Santander Porto Alegre/Divulgação

 

Farol Santander Porto Alegre/Divulgação

 

Farol Santander Porto Alegre/Divulgação

 

Farol Santander Porto Alegre/Divulgação