Filmes transmídia de Romy Pocztaruk e Caio Amon participam de festival queer em Los Angeles

“Antes do Azul”. Foto: Prática em Comunicação/Divulgação

 

O Fim do Fim, série de filmes transmídia de Romy Pocztaruk Caio Amonparticipará com o curta Antes do Azul no OUTFEST Los Angeles, maior festival de cinema LGBTQ e cultura queer dos Estados Unidos. O filme, lançado no Instituto Ling, faz parte da sessão Platinum, curada pela artista e ativista Zackary Drucker, produtora da série Transparent.

Antes do Azul conta com a performance da cantora Valéria, textos do escritor Daniel Galera e fotografia de Lívia Pasqual, e será exibido literalmente sob as estrelas, pois fará parte da programação do drive-in que o festival organizou num resort em Malibu. A edição 2020 do OUTFEST terá também exibição online. Em 29 de agosto, o Antes do Azul participa também do FUSO FESTIVAL, principal festival aberto de videoarte de Lisboa, Portugal, em edição online.

No dia 24 de agostoO Fim do Fim lançará seu primeiro single musical, a faixa e videoclipe Safira, interpretado por Filipe Catto, que será disponibilizado no Spotify, Youtube e redes de streaming. Na sequência, serão lançados Blue Echoes e Fim Tempos na voz de Valéria, além de uma nova faixa em andamento em colaboração com Saskia, todas com direção e produção musical de Caio Amon.

Para o projeto O Fim do Fim Romy Pocztaruk e Caio Amon criam universos visuais e sonoros onde artistas convidados possam habitar. A criação parte da imaginação de processos de “fim do mundo” associados a teorias queer e decoloniais, projetando futuros possíveis nos quais a arte é um dos rastros deixados pela humanidade. Com colaboração de textos de Daniel Galera, o projeto iniciou em 2018 com Safira (2018), estreou Antes do Azul em 2019, e prepara um novo filme com lançamento previsto para o final de 2020.

O projeto é um laboratório de novas linguagens construídas através de narrativas híbridas, processos colaborativos e intensa intersecção entre música e imagem. O compositor e produtor musical Caio Amon assina a direção musical, que inclui canções de sua autoria em colaboração com Filipe Catto, Valéria, Romy Pocztaruk, Daniel Galera e o músico e produtor Marcelo Cabral. A proposta transmídia do projeto prevê, além de uma série de filmes, o lançamento de músicas e clipes nas redes de streaming.

Antes do Azul (digital, 14 min, 2019), imagina trincheiras possíveis para sobreviver a um futuro distópico, em que o avanço tecnológico descontrolado acelera processos de destruição – objetiva e subjetiva – da humanidade. A protagonista do curta, uma mulher trans e negra interpretada pela cantora e atriz Valéria, é a última sobrevivente de um acidente nuclear, e sua voz canta por novo lugar antes invisível.

Safira (8mm, 16mm &digital, 9min, 2019), conta com direção de fotografia de Lívia Pasqual, estreou no LOOP FESTIVAL em Barcelona (2019) e foi realizado durante a 11ª Bienal do Mercosul (2018). Estrelando Filipe Catto como ator e cantor, o curta é um trabalho sensorial que mistura imagens captadas em diferentes formatos (8mm, 16mm &digital) com imagens de arquivo. SAFIRA evoca a presença humana através dos paralelos entre homem e animal e a expansão devastadora do espaço após a queda de um meteoro.

Mais informações sobre o projeto no Instagram.