Instituto Tomie Ohtake mostra exposição inédita do fotógrafo Nicholas Nixon

Coleções Fundación MAPFRE, Nicholas Nixon/Divulgação

A MAPFRE traz ao Brasil pela primeira vez um conjunto da produção do premiado fotógrafo norte-americano Nicholas Nixon. A mostra – que tem curadoria de Carlos Gollonet, chefe de fotografia e obras da fundação espanhola – ficará em cartaz de 22 de janeiro a 18 de abril no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, e tem entrada franca.

A exposição apresenta 181 imagens divididas em nove núcleos que indicam a notabilidade do artista em retratos e fotografia documental: As Irmãs Brown, Cidades, Varandas, Idosos, AIDS, Casais, Família / Casa, Retratos e Fotos Recentes.

O premiado fotógrafo norte-americano explora o retrato desde a década de 1970, centrando-se em temas como envelhecimento, família, afeto, cumplicidade e solidão. Embora mais conhecido pelo trabalho As Irmãs Brown, em que registrou ano a ano um grupo de quatro mulheres, Nixon criou várias outras séries também reconhecidas por revelar justamente o que não se vê: a humanidade e a emoção contida em expressões de idosos residentes em asilos, pacientes soropositivos, casais, grupo de pessoas, além de vistas primorosas de cidades.

A exposição será acompanhada de uma série de atividades educativas, como visitas mediadas, encontros exclusivos para professores, além de uma publicação sobre a obra de Nicholas Nixon e sua relação com temas sociais que podem ser abordados em sala de aula junto aos estudantes. A mostra contará também com recursos de acessibilidade, como videolibras e audiodescrição de algumas obras.