MARGS será reaberto ao público na quinta-feira (22/10)

Foto: Raul Holtz/Divulgação

Depois de sete meses de portas fechadas em enfrentamento à pandemia da Covid-19, o Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS) prepara sua reabertura ao público para a próxima quinta-feira (22/10). Neste primeiro momento, o MARGS reabre ao público apenas para visitação das exposições. O período de visitação segue de terça-feira a domingo, mas inicialmente em horário reduzido, das 10h às 17h, sempre com entrada gratuita.

O MARGS retorna com quatro exposições temporárias e novidades na mostra de longa duração do Acervo Artístico do Museu. O público poderá conferir as exposições individuais Túlio Pinto – Momentum, Bruno Borne – Ponto Vernal e Mariza Carpes – Digo de Onde Venho, além da coletiva Gostem ou Não – Artistas Mulheres no Acervo do MARGS. Acervo em Movimento retorna totalmente renovada, desta vez com substituição integral das obras em exibição.

Para a reabertura do MARGS ao público, o Museu adotou uma série de medidas de segurança sanitária e de regras para acesso e visitação, com o objetivo de criar um ambiente seguro e que ofereça a todos/as uma experiência que possa ser aproveitada da melhor maneira, com a maior tranquilidade possível.

A preparação do museu incluiu manutenção do sistema de climatização, sinalização informativa sobre regras a serem cumpridas pelos visitantes, instalação de dispensadores de álcool desinfetante pelo percurso da visitação e a implementação de um protocolo de sanitização dos espaços de circulação coletiva e de superfícies de uso comum (banheiros, corrimões, elevador).

Entre as regras para acesso e visitação, estão limitação do número de visitantes, uso obrigatório de máscara, medição de temperatura e respeito à distância de dois metros.

Além de seguir a legislação vigente em âmbito estadual e municipal e os respectivos protocolos para a área de museus e espaços expositivos, o Plano de Retorno e Reabertura do MARGS contou com uma pesquisa de opinião com o público. A consulta foi fundamental para ouvir as expectativas dos visitantes quanto à reabertura e à visitação, bem como para poder deixar o MARGS em condições de voltar a receber o público em segurança.

Juntamente ao retorno, estão sendo realizadas duas melhorias de preservação e segurança no museu: o Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndio (PPCI) e uma reforma que envolve a substituição do sistema de climatização e a restauração da parte superior do histórico prédio.