Mostra de Cinema em SP vai exibir 264 filmes

 

Depois da ausência das salas de cinema em 2020, a Mostra Internacional de Cinema em São Paulo retorna ao circuito exibidor na sua 45a edição, que vai se realizar de 21 de outubro a 3 de novembro. O evento volta a exibir sessões presenciais em 15 espaços paulistanos e mantém parte de seu conteúdo online. Uma seleção de títulos estará disponível nas plataformas Mostra Play, Sesc Digital e Itaú Cultural Play. Todas as plataformas, eventos e atividades, poderão ser acessados pelo site da Mostra.

A seleção da 45ª Mostra soma 264 filmes, vindos de mais de 50 países, que serão apresentados em dois formatos de exibição, presencial e online, nas seções Perspectiva Internacional, Competição Novos Diretores, Mostra Brasil e Apresentação Especial. Nem todos os títulos a serem apresentados nos cinemas serão exibidos nas plataformas digitais. Assim, alguns filmes serão projetados apenas nas salas de exibição.

A seleção deste ano faz um apanhado do cinema contemporâneo mundial produzido e exibido sob o impacto da pandemia que atingiu a indústria cinematográfica em todos os continentes. Mais de 80 títulos dessa edição são dirigidos por mulheres.

Entre os destaques da seleção da 45ª Mostra, estão os longas France, de Bruno Dumont, Ao Cair do Sol, de Michel Franco, Marx Pode Esperar, de Marco Bellocchio, A Caixa, de Lorenzo Viga (ganhador do prêmio Leoncino d’Oro Agiscuola no Festival de Veneza), Titane, de Julia Ducournau (Palma de Ouro no Festival de Cannes), Annette, de Leos Carax (Melhor Direção em Cannes), Memória, de Apichatpong Weerasethakul (Prêmio do Júri em Cannes), Zalava, de Arsalan Amiri (vencedor da Semana da Crítica em Veneza), Encontros, de Hong Sang-soo (Melhor Roteiro no Festival de Berlim), e Sr. Bachmann e Seus Alunos, de Maria Speth (prêmios do Júri e do Público em Berlim).

 

Assista ao trailer de France:

 

Cerca de 40 títulos brasileiros integram a seleção da Mostra Brasil. As produções nacionais desta 45ª edição são inéditas, finalizadas entre 2020 e 2021, com exceção dos títulos restaurados. Um total de 29 títulos que compõem a seleção da 45ª Mostra são produzidos ou coproduzidos por outros países latino-americanos, como Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, México, Equador e Uruguai.

Os curtas A Voz Humana, de Pedro Almodóvar, The Night, de Tsai Ming-liang, e Ato, de Bárbara Paz, serão exibidos em um programa especial. A versão em preto e branco do filme Parasita (2019), de Bong Joon Ho, e as cópias restauradas dos filmes Terra Estrangeira (1995), de Walter Salles, e O Rei da Noite (1975), de Hector Babenco, estão na seção Apresentação Especial, que exibe também o documentário Ziraldo Uma Obra que Pede Socorro (2020), de Guga Dannemann.

 

Assista ao trailer de Marx Pode Esperar:

 

Já a programação gratuita ao ar livre no Vão Livre do Masp e no Anhangabaú exibirá, entre outros títulos, Summer of Soul (… ou, Quando a Revolução Não Pode Ser Televisionada), de QuestLove, Bob Cuspe, Nós Não Gostamos de Gente (vencedor do Festival de Annecy), de Cesar Cabral, e a estreia mundial de A Viagem de Pedro, de Laís Bodanzky.

O diretor português Paulo Rocha (1935 – 2012) ganhará uma homenagem póstuma com uma retrospectiva de sete de seus filmes, entre os quais Os Verdes Anos (1963), A Ilha dos Amores (1982) e Mudar de Vida (1966), além de Távola de Rocha (2021), longa dirigido por Samuel Barbosa, que foi assistente do diretor. A diretora e atriz brasileira Helena Ignez será homenageada com o Prêmio Leon Cakoff e com o lançamento do livro Helena Ignez, Atriz Experimental, de Pedro Guimarães e Sandro de Oliveira.

Pelo quinto ano consecutivo, a Mostra e o Itaú Cultural realizam mais uma edição do Fórum Mostra, que vai promover encontros e debates de cinema, economia criativa e assuntos contemporâneos da cultura entre os dias 27 e 30 de outubro. Em parceria com a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), o evento apresentará no Museu da Imigração, nos dias 22 e 23, uma programação que inclui os filmes 7 Prisioneiros, de Alexandre Moratto, e Pegando a Estrada, de Panah Panahi.

 

Assista ao trailer de Titane:

 

Todos os anos a Mostra Internacional de Cinema convida um artista ou cineasta para fazer a arte do pôster. Nomes como Laurie Anderson, Marco Bellochio, Martin Scorsese e Wim Wenders assinaram o cartaz do evento em diferentes edições. A arte do pôster da 45ª edição é assinada por Ziraldo.

O artista, que completa 90 anos no próximo dia 24, criou o desenho no final dos anos 1970. Ziraldo conta que nessa época foi contratado por uma agência publicitária para fazer uma série de cartazes para a empresa de eletrônicos Sharp, mas que estava inteiramente livre para criar, não precisando sequer mencionar a marca nos cartazes. Ele decidiu então desenhar seu alter ego de tantos outros trabalhos: um viajante espacial que vê o que ninguém mais vê, incluindo a Terra.

Renata de Almeida, diretora da Mostra, diz que pensou imediatamente ao ver o desenho que esse olhar para a beleza e a fragilidade do planeta era uma imagem bem vinda e urgente, adicionando ainda um elemento de reflexão para o público do evento. Essa arte faz parte do imenso arquivo do Instituto Ziraldo – que vem cuidando, catalogando e digitalizando os originais desse artista prolífico.

 

Cartaz da 45ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Foto: Reprodução

 

Assista ao trailer de Annette:

 

A programação inclui a exibição de Ziraldo, Era uma Vez um Menino, documentário realizado por Fabrizia Pinto, com música de Antonio Pinto – ambos filhos do artista. Foram três anos em que Fabrizia se debruçou sobre a obra do pai e a infinidade de entrevistas que ele vem dando ao longo da vida, criando uma narrativa inteiramente em primeira pessoa, com o próprio Ziraldo contando toda a sua trajetória.

O filme relata desde a infância do desenhista na cidade mineira de Caratinga, passando por seu engajamento político contra a ditadura e suas relações de afeto. O longa também recupera a extensa obra do artista, que inclui personagens e publicações como a Turma do Pererê, Jeremias o Bom, Supermãe, Bichinho da Maçã, Menino Maluquinho e Flicts, além da participação no jornal Pasquim.

 

Assista ao trailer de Memória:

 

Assista ao trailer de Sr. Bachmann e Seus Alunos:

 

Assista ao trailer de Summer of Soul:

 

Assista ao trailer de Bob Cuspe, Nós Não Gostamos de Gente: