Dóris Couto, diretora do Museu Julio de Castilhos, conta as novidades que prepara para a volta do público

Dóris Couto exerce o cargo de diretora do Museu Julio de Castilhos

O Noite dos Museus nasceu com o objetivo aumentar a visibilidade de museus e instituições culturais do país, e os responsáveis pela manutenção desses espaços são figuras decisivas para que projetos como o nosso promovam – juntos – o acesso democrático à arte no Brasil.

Semanalmente, gestores culturais brasileiros darão depoimentos ao NDM TV sobre as conquistas e os desafios do setor. Essa série de vídeos dá voz aos objetivos, desafios, dificuldades e conquistas de diretoras e diretores de museus, instituições, centros culturais e órgãos ligados à cultura de todo o país.

Nesta edição do NDM TV, a convidada é Dóris Couto. Museóloga graduada pela UFRGS, pós-graduada em Políticas Culturais baseadas na Comunidade pela FLACSO/Argentina, mestranda em museologia e Patrimônio pela UFRGS e Residente Ibermuseus no Museu do Vinho de Alcobaça. Atualmente, exerce a função de diretora do Museu Julio de Castilhos.

Em seu depoimento, ela traça um panorama das dificuldades encontradas pela instituição por conta da pandemia, mas antecipa novidades que o Museu Julio de Castilhos prepara para a volta, assim que a realidade permitir. Confira o depoimento abaixo: