Nova intervenção artística no muro do Goethe-Institut mescla linguagens artística e digital

Foto: Goethe-Institut/Divulgação

Desde 2018, o muro externo do Goethe-Institut, na Rua 24 de Outubro, em Porto Alegre, é usado como espaço de intervenção artística. Em função da paralisação de atividades presenciais dentro do Instituto e com uma série de iniciativas online, o Instituto quis abordar neste novo projeto esta relação entre cultura e ambiente digital.

A convite do Goethe, o artista Felipe Reis, criou um trabalho artístico no qual representa áreas diversas áreas trabalhadas pela instituição, como cinema, literatura, música, teatro. Em cima dessa arte, foram colados QR codes que conectam as pessoas aos projetos e eventos digitais que o instituto vem desenvolvendo durante a situação da pandemia.

Entre eles estão o site Kulturama (uma plataforma global de eventos online), o projeto Vozes da Quarentena (com criações de agentes culturais a respeito de suas experiências na quarentena) e a Onleihe (biblioteca digital do Goethe-Institut). A ideia é continuar colando novos QR codes conforme outras atividades online forem desenvolvidas.

Foto: Goethe-Institut/Divulgação

O trabalho no muro também simula a interface do website do instituto, tornando-se uma reflexão sobre como o espaço virtual acabou virando palco das iniciativas culturais no contexto da quarentena e de distanciamento social.

Natural de Porto Alegre, Felipe Reis trabalha com grafite desde 1994, quando conheceu a linguagem por meio do skate. Residiu no Rio de Janeiro de 1998 a 2014, período em que aperfeiçoou técnicas de spray e atuou como arte educador em grafite no Complexo da Maré. Criou junto ao seu amigo Jagal o grupo Atari Funkerz, e com ele participou de diversos eventos, exposições e experiências.

Participou de exposições coletivas e individuais e realizou parcerias como o canal Futura, UERJ, Linha Amarela (LAMSA), Brasil Rural Contemporâneo, além de produzir ilustrações e direção de arte para livros. Desde 2014 mora em Porto Alegre e desenvolve diversos trabalhos com madeira, ilustrações, pinturas, customizações e outras técnicas de impressão, pintura e curadoria de exposições de artistas do Rio Grande do Sul.

Foto: Goethe-Institut/Divulgação
Foto: Goethe-Institut/Divulgação