Obras de arte do ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira vão a leilão

“The Foundling N#6”, série “Kleist Novellas”, de Frank Stella. Foto: Reprodução

Edemar Cid Ferreira, principal dirigente do Banco Santos, que decretou falência fraudulenta em 2005, era conhecido como colecionador e amante do mundo das artes. Por decisão judicial, os seus bens materiais como imóveis e obras de arte foram leiloadas para a Massa Falida do Banco Santos.

James Lisboa Leiloeiro Oficial venceu o edital do leilão para venda das obras de arte remanescentes, que está se realizando de forma remota desde terça-feira (8/9).

As 1.619 obras restantes ficaram sob guarda do MAC-USP durante 14 anos e agora serão leiloadas. Entre elas, destacam-se pinturas, esculturas e fotografias de artistas como Tarsila do Amaral, Amilcar de Castro, Tunga, Mira Schendel, David Hockney e Frank Stella.

A principal obra do leilão é do artista norte-americano Frank Stella, considerado um dos mais relevantes representantes do minimalismo. A pintura de 16 metros de comprimento é também a obra com o lance de maior valor: R$ 3 milhões. Suas dimensões monumentais dificultaram o seu armazenamento ao longo dos anos e, por isso, diferente das demais, a obra permaneceu protegida no prédio do antigo MAC-USP – atual UCA-USP, localizado na cidade universitária.

O leilão do Banco Santos será dividido em nove dias – os dois primeiros com lotes compostos por pinturas, esculturas e fotografias. Nos demais dias, os lotes serão majoritariamente de fotografias, que representam 80% do recorte leiloado. Algumas das obras serão expostas de 8 a 20 de setembro, com visitação pré-agendada e o leilão acontece de forma online ou por telefone.

Serviço:
Exposição
De 8 a 20 de setembro
Com data e horário pré-agendado
Das 10h às 18h
Rua Dr. Melo Alves, 397 – Cerqueira Cesar
O leilão será exclusivamente por telefone e online
O site estará disponível para lances a partir do dia 8 de setembro