Loading...
Menu

Daya Moraes é cantora, compositora, produtora e ocasionalmente atriz. Sua música traz uma pitada de pop, funk e black music. Com sua presença marcante, ela se destaca quando propaga a diversidade, pluralidade, aceitação e empoderamento, demonstrando ser uma verdadeira potência de feminino no cenário musical. Após o lançamento de 04 singles, Daya lançará, no segundo semestre, seu primeiro álbum. E promete surpreender ainda mais quem a acompanha. Seus shows se diferenciam pela estrutura técnica e o formato banda e bailarinos. Seus clipes estão na grade da programação de canais como Music Box Brazil e PlayTV, suas músicas tocaram em rádios gaúchas, e também na Pop Rio FM 98,7 no Rio de Janeiro. Colecionando um bom desempenho nas redes sociais, foi destacando-se em portais, jornais e programas de tv, recebendo o convite da RBS TV (filiada Rede Globo), para participar em destaque do quadro “Porquê Bomba?”. Em 2016 foi selecionada para as audições do musical Cartola, em São Paulo, em 2018 foi selecionada para as audições do musical Elza Soares no Rio de Janeiro, e em 2019 participou do projeto em combate ao Feminícidio “O amor que queremos” juntamente com Mc Jean Paul, o rapper Seguidor F. e o produtor musical Rodrigo Ganso, em parceria com o Instituto Tulipa e a Delegacia da Mulher do RS.

Atualmente é chef de cozinha e professor de gastronomia do Senac. Ministrou diversas aulas e oficinas de gastronomia em eventos diversos no Brasil. Também frequentou cursos na École Hotelière de Dakar, em escolas de hotelaria de Chambery e de Nice, na França. Trabalhou nos hoteis Meridien de Dakar, Ajaccio, Tunis, Bahrein, Martinique, Guadaloupe, Tahiti, Marrakesh, Club Mediterranée de Dakar, Cap Skiring.

Frank Jorge é músico e compositor e participou de bandas como OS CASCAVELLETES (1986/89), PÉRE LACHAISE (1990/93), BLACK MASTER (1992/1998), JULIO RENY GUITAR BAND (1991/00), COWBOYS ESPIRITUAIS (1998/2002), GRAFORREIA XILARMÔNICA (1987/2015), TENENTE CASCAVEL (2008/2010 e atualmente). Em em 13/10/2017 fez o show de abertura do concerto do beatle Paul McCartney em Porto no Estádio Beira-Rio acompanhado do músico e compositor, Luciano Albo e lançou em dezembro de 2017 o single “Vida na Cidade – Allegro Ma Non Tanto”, canção que propõem uma reflexão sobre os dilemas que a humanidade vive em cidades superpovoadas, assim como, o diálogo da música popular com a música erudita, sampleando trechos do Concerto de Brandenburgo nº 1 de J.S. Bach.

O músico e empresário do ramo das guitarras vintage, Solon Fishbone acumula três décadas de uma carreira artística que começou em 1984. Hoje com 51 anos e 5 discos lançados Solon Fishbone que já atuou com importantes nomes do Blues americano como Billy Branch, Phil Guy, Eddie Campbell, Kenny Neal, James Wheeler é uma das referências do gênero do Brasil.

Localização

Onde: Avenida Osvaldo Aranha, 277 - Bom Fim

Mapa: goo.gl/maps/KZX78xBwcDkwDQBj6

Trabalha com a memória e a identidade da UFRGS e de Porto Alegre, promovendo a interação da sociedade com a produção técnica, científica e cultural respeitando à diversidade de saberes, culturas e práticas.
Procura proporcionar aos visitantes experiências únicas, que aliam fruição, lazer e conhecimento, tornando o público protagonista de sua aprendizagem. Seu acervo inclui imagens, documentos e objetos tridimensionais, que remetem à história, à memória e à identidade da universidade e da cidade – e constitui-se em fonte de pesquisa gratuita para a comunidade em geral.

QUE RUFEM OS TAMBORES

se as últimas noites foram incríveis, imaginem essa!