Nos 45 anos da estreia dos Ramones, uma playlist que mostra a influência da banda

O disco de estreia dos Ramones, autointitulado, foi lançado em abril de 1976

One, two, three, four!

Há 45 anos, a música sofria uma revolução da qual jamais se recuperaria: em abril de 1976, quatro caras esquisitões, um pouco tímidos, mas com muita energia, resolviam gravar um disco sem muita técnica, mas com a vitalidade que já vinham entregando nos palcos de Nova York: era Ramones, disco de estreia da banda de mesmo nome, formada por Joey, Johnny, Dee Dee e Tommy.

Ouça outras playlists produzidas pela nossa equipe:
Uma playlist de “one hit wonders” para marcar o 1º de abril
Playlist da semana: 10 lendas da música brasileira que já foram vacinadas
No Dia da Bossa Nova, o melhor deste gênero tipicamente brasileiro

O disco apresentou músicas que se tornaram clássicos instantâneos, como Blitzkrieg Bop, Beat on the Brat, Judy is a Punk e 53rd & 3rd, faixas que traziam não só novidades formais, com riffs simples, instrumentos precariamente tocados e gravados e refrões simplérrimos, mas também estéticas, de conteúdo e mesmo de atitude. Era o que se pode chamar de marco zero do punk rock. Nas nossas redes sociais, apresentamos quatro aspectos (e meio) revolucionários deste disco!

Na playlist abaixo, você pode conferir com seus próprios ouvidos a influência dos Ramones para a música feita a partir dali: são covers de bandas como Red Hot Chili Peppers, Yo La Tengo, Skid Row e Ratos de Porão, todas marcadas na pele pelo primeiro disco dos Ramones.