5 séries para os amantes das artes plásticas

A série francesa “Lupin” conta a história de um ladrão de joias e tem como cenário museus como o Louvre e o D’Orsay (Reprodução / Netflix)

O universo dos museus é inspirador para todos nós, e não é à toa que as artes plásticas muitas vezes são transportadas para outras plataformas.

Hoje, a gente indica 5 séries para você maratonar que retratam o mundo dos museus e das artes para a tela – não são necessariamente obras sobre museus, mas que têm esse ambiente como protagonista. Confira abaixo.

1. Lupin

Série francesa com duas temporadas disponíveis na Netflix, Lupin apresenta Omar Sy como Assane Dioup, um homem que se inspira no personagem Arsène Lupin, dos livros de Maurice Leblanc, para realizar esquemas e roubos que vão vingar o seu pai – que foi injustamente condenado pelo furto de um colar caríssimo. O bacana da série é que Dioup frequenta leilões e exposições em museus como o Louvre e o D’Orsay para fazer seus esquemas.

Leia mais:
Pinturas que transportam o inverno para as artes visuais
10 museus para conhecer sem sair de casa
Filmes, séries e músicas que levam o universo dos museus a outras plataformas

2. This is a Robbery: O Maior Roubo de Arte da História

Esta série documental, que tem suas quatro partes disponíveis também na Netflix, conta a história de um roubo realizado em 1990 no Isabella Stewart Gardner Museum, em Boston (EUA). Os criminosos furtam 13 obras, de artistas como Johannes Vermeer e Rembrandt, em uma trama que acaba envolvendo a máfia, subornos e muito mistério.

3. Da Vinci’s Demons

Responsável por filmes de heróis como Batman, Superman e Motoqueiro Fantasma, David S. Goyer produziu, entre 2013 e 2015, uma série ficcional sobre a vida de Leonardo DaVinci em sua juventude. De forma fantasiosa, a série apresenta o aspecto visionário de DaVinci, o transformando em quase um enviado do futuro.

4. Crimes do Colarinho Branco

Série de muito sucesso, com 6 temporadas gravadas entre 2009 e 2014, White Collar (ou, no Brasil, Crimes do Colarinho Branco) acompanha um falsificador que é preso e, como forma de negociar sua pena, colabora com o FBI em investigações que, muitas vezes, envolvem obras de arte, quadros falsificados e roubos a instituições culturais.

5. Medici: Mestres de Florença

Ainda que acompanhe tramas familiares e intrigas da alta sociedade, esta série de três temporadas tem como pano de fundo o mundo das artes de Florença no início do século XV, época em que floresce naquela cidade o que viria a ser chamado de Renascimento, com grandes artistas, revoluções no mundo das artes plásticos e uma série de nomes que entrariam para a história da cultura mundial.